sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Porque é que os cães ladram?


Os latidos constantes, ou ladrar em determinadas circunstâncias é um assunto importante para qualquer dono de cão preocupado e responsável. É o tipo de problema que poderá levar a um abandono.
Porque é que os cães ladram? De um ponto de vista evolutivo é uma boa pergunta... Os lobos são capazes de ladrar mas raramente o fazem.
Poderemos considerar quatro tipos de situações onde os cães poderão ladrar.

Os cães têm capacidades vocais muito reduzidas, por isso o contexto é muito importante para avaliar o motivo da vocalização. O que considero mais importante em termos do ladrar em si é o tom e a duração. De forma geral tons mais baixos são mais ameaçadores e mais altos menos. Tal como sons mais longos têm tendência a serem mais urgentes ou mais ameaçadores.


1- Alerta ou "Hey! Está a acontecer ali alguma coisa!" Este tipo de vocalização tem tendência a ser de um tom medianamente alto, e com sons curtos e repetitivos.

2- Alarme ou "Não te quero fazer mal!"Este é um tipo de ladrar com um tom baixo e tem tendência a começar com um rosnar. A porção depois do rosnar é caracterizada por sons longos em duração. Indica que o cão identificou algo ameaçador ou assustador.


3- Stress ou "O que é que eu faço agora??" Parecido com um choro de um bebé, e denota um elevado nivel de stress por parte do cão. Normalmente acontece em situações de emergência para o cão.

4- Brincadeira ou "Bora lá a isso!" É um ladrar com tom alto e muito curto.


Escrito por: Eric Goebelbecker


Os latidos repetitivos que poderão durar horas em cães que passam muito tempo sozinhos ou em espaços pequenos tem uma causa patológica, relacionada com comportamentos compulsivos por falta de estimulo mental, um cão estimulado mentalmente normalmente mantem-se calmo e em silêncio. O cão por falta de estimulo encontra nestes comportamentos uma forma de se auto-reforçar e ocupar o seu tempo... não ladra com um motivo o ladrar é o motivo em si próprio.


Bons treinos!

3 comentários:

Dulce Bregas disse...

Ai amigos preciso de ajuda!Tenho duas cadelas Golden Retriever,normalmente não ladram muito,certo?Pois,a Maia que está comigo desde os 2 meses de há uns 3 meses para cá(hoje com 15 meses)ladra por tudo e por nada,na rua ninguém a cala,se alguém bate à porta é um berreiro,uooof muito alto!Depois esconde-se com as orelhas em baixo.Será anti social?Será que se sente ameaçada?Que posso fazer?Por favor,o meu mail é dulce_bregas@hotmail.com

Ah a minha outra cadela tem 4 anos e foi adoptada por nós há 5 meses,só lança um Béu a algum cão aparentemente mau.
Obrigada!

José Dores disse...

Olá,

Gostaria muito de a poder ajudar mas de facto um blog não é a melhor maneira de trocar ideias, nem de resolver problemas de comportamento canino que têm de ser observados no local, com esse cão especificamente.

Pelo que descreve as suas cadelas parecem ser medrosas, e ladrarem em situações de stress para affastar o estimulo que causa medo, por estarem presas ou à trela ou dentro de casa e não poderem fugir. Diria que tem de desensibilizá-las a determinados estimulos, mas aconselho-a a procurar um treinador da sua área de residência e ler o que está escrito num fórum de uma amiga minha em www.itsallaboutdogsforum.net.

Poderá ler também o post aqui do blog: http://bomcaopanheiro.blogspot.com/2011/01/campainha-da-porta-woooff-wooof.html

Pode, se o quiser fazer enviar mais dados acerca do problema para bomcaopanheiro@gmail.com e a partir dai eu responderei ou envio-lhe mais informação acerca do treino que poderá fazer.

Lolita que Late disse...

Adorei a explicação, pois estou com uma cadelinha pela primeira veze isso em ajuda a observá-la...